Participe da votação da Campus Party 2017

thiago-eugenio1Uma das conferências anuais mais famosas de tecnologia e inovação no Brasil, a Campus Party, pré-aprovou uma proposta do professor Tiago Eugênio.

O trabalho desenvolvido busca entender as mudanças significativas dos games na estrutura e funcionamento da arquitetura cerebral do jogador.

Colabore com a votação clicando em “Participate”.

 

Aplicativo do Band ganha versão para Android

O aplicativo do Band agora tem uma versão para Android, que já está disponível para download no Google Play.

app-android-band

A ferramenta permite o acesso rápido às notas, faltas, ocorrências e horários a partir de qualquer dispositivo móvel e pode ser baixada tanto por pais, quanto por alunos. Para efetuar o download, basta clicar aqui.

O aplicativo para IOS já está disponível desde o ano passado e pode ser baixado clicando aqui.

Band integra oficialmente o Apple Distinguished Program

O Band recebeu oficialmente o credenciamento no Apple Distinguished Program, destinado a escolas do mundo todo que integram tecnologia Apple em sala de aula. O reconhecimento veio para o Colégio pelo uso de Ipads como material didático no Fundamental já há dois anos e meio.

placa_apple1São apenas cinco escolas no Brasil que fazem parte do programa, que exige liderança, inovação de ensino, capacitação de profissionais, estrutura de tecnologia e evidência de sucesso.

placa_apple2“O projeto teve desafios. Quando começamos, 60% dos professores usavam tablets, nós tivemos que criar toda uma cultura móvel no Colégio para que todos começassem a usar”, contou Emerson Pereira, Diretor de Tecnologia Educacional. “Com a entrada dos Ipads, cada sala do Band tem potencial para ser uma sala de informática”, explicou.

A cerimônia de credenciamento aconteceu durante o intervalo e reuniu professores, alunos e diretores na sala dos professores. Em um clima descontraído, todos receberam a placa oficial da Apple cedida a escolas do programa e ainda comemoraram com um café organizado especialmente para a ocasião.

“O mais gostoso foi dividir o momento com alunos e professores. A conquista foi de todos nós, juntos”, comentou Emerson. “Foi importante também validar o trabalho que começou em parceria com os educadores para o Colégio ter uma característica de mobilidade”, finalizou.

Game de Espanhol já está na App Store

O Game Un Viaje por América del Sur foi oficialmente lançado para download na App Store. O jogo aborda aspectos culturais e históricos de Buenos Aires, unidos a aspectos linguísticos de Espanhol.

 

O aplicativo foi desenvolvido pela equipe de Espanhol e de Tecnologia ao longo de um ano e meio até chegar na versão final, em conjunto com uma empresa especializada em jogos, e está disponível para o público em geral na loja da Apple.

game_espanhol2

A ferramenta também será utilizada como material didático dos alunos do 7.o ano, que irão explorar os recursos do game em sala de aula.

game_espanhol3

Segundo a Coordenadora de Espanhol, Rose Silva, o objetivo é, além de colocar o estudante em contato com a língua, mostrar características culturais dos países hispanohablantes, como já é feito, por exemplo, no 8.o ano com o projeto España Inolvidable.

“Nossa intenção é mostrar que nos países em que se fala Espanhol existem muitos aspectos interessantes para ver e ensinar para eles; um pouco da história desses lugares”, comentou.

Para baixar game (disponível para Ipad, apenas) clique aqui.

Bandeirantes participa da Bett Educar

O Band marcou presença na Bett Brasil Educar 2016, evento que reúne exposições de projetos inovadores de educação, start ups inovadoras e espaços para práticas envolvendo tecnologias modernas aplicadas em sala de aula.

bete1

coordenadora de Espanhol, Rose Silva

As Coordenadoras de Tecnologia Educacional e de Espanhol, Silvia Vampré e Rose Silva, respectivamente, apresentaram projetos do Colégio na Feira.

e6ace15e51b1ed72068cf566bc245187

No primeiro dia de evento, Silvia Vampré esteve no Stand da Apple para compartilhar a experiência do Band com o uso de tablets e tecnologia móvel em sala de aula para outros gestores de escolas. “Nós passamos a ser referência de como utilizar bem os recursos da Apple em um colégio”, comentou a Coordenadora. “ Trazer a tecnologia mobile é um desafio e o fato de a Apple ter reconhecido isso é um sinal de que estamos no caminho certo”, finalizou.

d6cc2db03e4403b6603d6a0949fcf006

professora Silvia Mera e as coordenadoras Rose Silva e Silvia Vampré

Já a Coordenadora de Espanhol e a professora Silvia Mera, apresentaram o game Un Viaje por America del Sur, que será lançado na App Store na próxima semana. O jogo combina aspectos culturais e históricos da cidade de Buenos Aires, unidos ao ensino de Língua Espanhola.

94326396977901b10fa1aa68a90e8349

“Nós sempre pensamos em trazer para o aluno algo diferente do livro didático para ele não ficar preso a isso”, afirmou Rose. “O jogo contribui muito para o aprendizado da língua e para a memorização do conteúdo e é divertido”, completou.

Professoras Yeda e Marlene

Professoras Yeda e Marlene

Para o segundo dia da convenção, as professoras de Português, Yeda Lenza e Marlene Pissolito, apresentaram o trabalho feito com o aplicativo Flashcards no 6.o ano como modelo de aprendizado.

A tecnologia é utilizada desde 2014, quando foi adotado o uso de tablet em sala de aula, e agora também é adotada por professores de outras de disciplinas, como Ciências e Geografia.

Ainda no dia de fechamento do evento, os professores João Régis Lima (Coordenador de Artes e Filosofia) e Wilson Ferreira, mentores do iBand, projeto que combina produção musical com tecnologia e instrumentos tradicionais, apresentaram a Geek Orchestra, conduzida pelo compositor Wilson Sukorski, que regeu vários de nossos alunos em uma performance musical com notebooks, smartphones e iPads.

iband

professor João Regis Lima

O objetivo é a realização de experimentos no campo da música digital, através de improvisações musicais comandadas por partituras gráficas de várias complexidades, além de outras estratégias poéticas de discurso temporal.

STEAM ganha máquinas cortadoras de vinil

O Band adquiriu novas máquinas cortadoras de vinil para o laboratório STEAM. As ferramentas permitem que os alunos façam modelos de prototipagem rápida durante os projetos desenvolvidos em aula e trabalhem habilidades em design e engenharia.

impressora2

A proposta é que o estudante use o aparelho para fazer desenhos planificados por meio de um programa como o Sketchup e mande para a máquina, que corta os moldes para a montagem de protótipos em 3D. A vantagem em relação às impressoras 3D é que este processo leva menos tempo, possibilitando a oportunidade de muitos modelos serem criados em aula.

impressora1

“A rapidez ajuda muito. Todos os alunos vão poder testar suas ideias em larga escala durante o tempo de aula, o que é essencial”, ressaltou Cristiana Assumpção, Coordenadora do STEAM. “E a prototipagem é um símbolo desse mundo maker, dessa aprendizagem por projetos, por que é aí que ele concretiza e consegue visualizar no mundo real se algo vai funcionar ou não”, completou.

impressora3

Além disso, o processo de modelagem com o novo equipamento faz com que o estudante trabalhe tanto habilidades matemáticas quanto visuoespaciais. “ É uma ferramenta que combina bem engenharia e artes”, finalizou Cristiana.

Melhorias em tecnologia marcam início de 2016

O Band implementou durante as férias uma série de mudanças na área de tecnologia para o novo ano letivo que se iniciou. O objetivo é manter o Colégio sempre atualizado e mais eficiente para alunos e professores. As melhorias fazem parte do projeto de reestruturação das salas de aula e da rede wireless.

skype_inspetores

Todos os projetores do Colégio foram trocados por aparelhos com tecnologia híbrida de laser e led, o que permite que a qualidade, brilho e nitidez da imagem projetada em sala de aula seja muito melhor que anteriormente. Além disso, todo o sistema de som das salas foi substituído por amplificadores menores, mais potentes e com tecnologia antirruído, eliminando a possibilidade de interferência das caixas de som provocadas por ondas de rádio.

“Do ponto de vista do áudio e vídeo, nós demos um salto muito grande. Com o conjunto de todas as mudanças que nós fizemos, o professor e o aluno ganharam uma tecnologia full HD e um som mais limpo”, declarou Rogério Sampaio, Gerente de Infraestrutura de TI.

O Wifi do Band também passou por uma reestruturação para que ficasse mais estável e eficaz. Uma empresa foi contratada para trabalhar juntamente com a equipe de Tecnologia Educacional do Colégio e redesenhar toda a rede. Todo o cabeamento foi trocado e o equipamento modernizado, durante dezembro e janeiro, permitindo um serviço melhor aos alunos e funcionários logo no início das aulas.

Por fim, o software “Skype for Business” começou a ser utilizado para a comunicação dos inspetores. A ferramenta permite que eles mandem mensagens instantâneas, façam ligações e vídeo conferências entre si via Ipad, facilitando assim o diálogo e dispensando a locomoção para tratar alguma situação. A ideia é que o uso do Skype seja ampliado para outros departamentos e componha a comunicação interna do Colégio até o segundo semestre deste ano.

“Isso tudo faz parte do plano de tecnologia e abrange uma modernização do Colégio Bandeirantes em todos os aspectos”, completou Rogério.

Band lança nova plataforma de consulta de notas e ocorrências

O Band lançou o Informações Acadêmicas do Estudante, uma nova aplicação Web para facilitar as consultas às notas e ocorrências por pais e alunos. Agora é possível analisar os dados através de gráficos de desempenho, que auxiliam na compreensão visual da performance do estudante.

grafico_desempenho_12

As mudanças foram pensadas pela equipe de Coordenação e desenvolvidas por Emerson Pereira, Diretor de Tecnologia Educacional, Alexandre Cury, Gerente de Tecnologia da Informação e Fábio Gondo, Analista de Sistemas. Estão incluídos nesta versão os gráficos de desempenho do aluno em relação à média da turma e em relação à série. Também está disponível a faixa de distribuição de notas por sala para cada disciplina e para a média global do estudante.

grafico_desempenho_11

“Nós pensamos em um modelo de disponibilização gráfica que fosse intuitivo. Então a pessoa pode bater o olho e processar a informação, assim fica claro quais são os pontos fortes e fracos do aluno”, comentou Cury. “Nós testamos diferentes tipos de gráficos até chegar em um que fosse simples, fácil e objetivo para analisar”, completou.

O objetivo da nova aplicação é melhorar a usabilidade do sistema para os usuários. “Estamos o tempo todo buscando por novas tecnologias e novos produtos para oferecer o melhor serviço para a comunidade Bandeirantes”, declarou Emerson.

É possível acessar o aplicativo Web do Informativo Acadêmico do Estudante clicando aqui.

Alunos promovem atividade com drone

Alunos dos 8.os e 9.os anos, além dos da 1a série, ministraram oficina com uso de um drone para estudantes do 6.o e 7.o anos.

drone2

Eles montaram quatro estações de aprendizado para discutir diferentes assuntos sobre o veículo aéreo não tripulado. Os professores Tiago Eugênio e Jéssica Morais, de Ciências, acompanharam a ação.

drone3Durante a atividade, os alunos mentores conversaram com os aprendizes sobre o uso de drones na agricultura, em manifestações, na espionagem e na execução de serviços. Como dividiram o espaço do Hub em estações, enquanto alguns aprendiam sobre problemas sociais criados pelos drones, outros utilizavam o programa Chorme Build para modelar virtualmente os próprios drones.

drone1

Além disso, os alunos também aprenderam a manipular um drone via tablet e, por fim, fizeram uma “tempestade de ideias” sobre os aspectos positivos e negativos do drone na sociedade. Ao final, os estudantes e professores conversaram para comentar o que precisava melhorar, o que deu certo e o que deu errado na atividade.

drone4

“O desafio ali foi não interferir e aprender apenas observando. Foi segurar nossa pulsão organizadora e confiar no talento latente de cada ser humano. Era nítido o brilho nos olhos dos alunos que ali ensinavam e aprendiam, não apenas sobre um veículo aéreo não tripulado. Eles quiseram ir além!”, declarou Tiago Eugênio. “Solicitamos aos alunos uma única palavra que traduzisse aquela experiência, eis as mais citadas: Gratificante, Criativo, Empolgante, Único e Mágico”, completou o professor.