Band discute material didático digital na Bienal

Compartilhando os conhecimentos sobre o uso dos tablets nas salas de aula no Band, o Diretor de Tecnologia Educacional, Emerson Pereira, participou de um bate-papo sobre o futuro do material didático na Bienal do Livro. Também participou da conversa Fernando Moraes Fonseca, da Editora FTD, e como moderadora Susanna Florissi, coordenadora da Comissão do Livro Digital da ABL.

bienal_2

A mesa “Modelos de Negócios para o Livro Digital na Educação”, parte do 5.o Congresso Internacional do Livro Digital, abordou as experiências do uso do material didático digital e sobre o futuro do material em papel. “Estamos vivendo um momento híbrido, portanto, de transição do papel para o digital”, explicou Emerson.

“Não estamos só trabalhando com livros e apostilas, mas também estamos usando os tablets e Plataformas Adaptativas”, contou. “Os computadores, até uma década atrás, eram usados para computação de dados, e hoje, além disso, também são usados para conectar pessoas”, completou.

Segundo Emerson, o Band desde o começo de sua História (há 70 anos) até hoje continua sendo pioneiro no que se diz respeito à educação. “Um novo modelo de ensino, ainda sem forma, está sendo construído no universo da educação; o Band está buscando maneiras de construir junto esse modelo”, finalizou.