Band marcou presença no ISTE 2014

Mantendo-se sempre atualizado na aplicação e pesquisa de tecnologias ligadas à educação, o Bandeirantes marcou presença na Conferência do ISTE (International Society for Technology in Education), que aconteceu em Atlanta, nos EUA.

iste_1

Por meio de palestras e workshops, a convenção tem como principal objetivo reunir profissionais da área de educação, que utilizam as tecnologias em sala de aula. Além disso, o evento contou com uma feira com softwares e hardwares.

iste_2

Durante os quatro dias, o encontro reuniu cerca de 16 mil profissionais, batendo seu recorde de público. Lenira Buscato, professora de Língua Portuguesa, Silvia Vampré, coordenadora de Tecnologia Educacional e o Diretor de Tecnologia Educacional, Emerson Bento Pereira, representaram o Band na Conferência.

iste2014_4

Emerson se impressionou com a qualidade tanto das palestras quanto da feira de tecnologia no congresso. “A participação da tecnologia como ferramenta de apoio à educação está numa velocidade maior do que o esperado”, comentou.

“Conceitualmente, o Bandeirantes conhece todas as tendências. Em uma apresentação feita no Band pela Cristiana Mattos [coordenadora de Tecnologia Educacional] sobre o movimento maker, ela apresentou conteúdo semelhante ao do palestrante sobre o mesmo tema no ISTE e até contemplou pontos não ditos por ele”, acrescentou.

iste2014_5“Sempre aprendemos na ISTE pois há novidades que poderemos utilizar em sala de aula”, comentou Silvia Vampré. “É muito bom também ver que o que já estamos realizando na área de Tecnologia do Bandeirantes aponta na direção de um caminho certo”, completou.

A professora Lenira Buscato focou-se nas palestras relativas às diversas disciplinas. “Eu queria ver como os professores palestrantes, apesar de representarem matérias tão distintas, estão usando as novas tecnologias”, explicou.

Alunos buscam patrocínio para o “F1 in Schools”

Seguindo os sonhos da alta velocidade, alguns alunos do Ensino Médio estão enfrentando o desafio de criar um carro em miniatura de Fórmula 1. O “F1 in Schools” chegou este ano pela primeira vez ao Brasil e o Bandeirantes foi uma das poucas escolas escolhidas para participar desta emocionante competição. O torneio é internacional no qual participam cerca de 40 países e 20 milhões de estudantes ao redor do mundo.

f1_1

Sem medir esforços, os alunos, mesmo ainda sem a quantia necessária de patrocínio, já se organizam e dividem as tarefas. As funções adotadas por eles vão desde a Chefia de Logística da marca criada até a Chefia de Aerodinâmica do carrinho que será construído.

f1_2

“A vivência dessa oportunidade é espetacular. É um processo muito importante para alunos de Ensino Médio porque eles têm a chance de fazer o trabalho como se estivessem no Ensino Superior”, comentou a coordenadora de Tecnologia Educacional, Cristiana Mattos. “É uma experiência no mundo real”, concluiu.

Os alunos utilizarão o espaço HUB para projetar partes do carrinho que podem ser feitas na impressora 3D recém adquirida pelo Colégio.

No entanto para o projeto sair totalmente do papel, será necessário patrocínio. Para isto, os grupos formados (Scuderia 907, Boosters, Sampa Team, New Brazilian Racers e Força Canindé) junto do site Idea do Futuro lançaram-se na busca do financiamento coletivo.

Para acessar o site e ajudar os estudantes a concretizar o sonho, clique aqui.